Muitas vezes pela correria do dia a dia a preguiça vai além da prática de exercícios físicos, chegando inclusive ao guarda roupa. Sabemos que por trás da telinha tem muita mulher que prefere ficar em casa sem fazer nada do que se arrumar para sair e vestir algo que possa ser desconfortável. A boa notícia é que a sua roupa de ficar em casa percorreu um caminho muito longo nos últimos anos e hoje você pode usá-la todos os dias, 24 horas e ainda parecer super estilosa usando alguns truques de moda. Nada melhor do que estar bem produzida de um jeito fácil e rápido, não é mesmo? Não é nem que você seja preguiçosa, você quer usar seu tempo para se preocupar com outras coisas.

Não só há muitas opções, mas roupas larguinhas e confortáveis são tendência hoje em dia! Agora você pode sair com seus amigos depois de uma tarde assistindo a séries do Netflix sem precisar fazer muita coisa no look. Você pode até encontrar uma calça de moletom estilosa para ir ao bar. Então, trouxemos truques que vão te fazer ganhar tempo na hora de escolher um look para qualquer situação. Ou ainda para ficar mais apresentável no fim do dia e esticar do trampo para o happy hour. Essas ideias vão te fazer perder menos tempo e passar menos raiva com acessórios enroscados, barras grandes, perfume em exagero etc. Esperamos serem ideias úteis e queremos saber se você já recorreu a alguma dessas técnicas. Dá uma olhada:

1 – Limpeza

Antes de tudo, vá a seu guarda-roupa, tire todas as roupas desconfortáveis que tem, coloque em uma sacola e guarde em um lugar escondido – debaixo da cama, ou no porta-malas do carro. Você AINDA não vai doá-las, ou jogá-las fora, você só vai tirar da sua vista enquanto você faz uma avaliação das suas roupas confortáveis, das quais você realmente quer vestir.

2 – Seleção

Se você quer e vai comprar roupas novas, não visite muitas lojas. Selecione uma, ou duas e nem se preocupe com outras. Não perca tempo e energia correndo de shopping em shopping porque não vai adiantar. Se as lojas que você escolheu não tiverem nada de especial, tome isso como um sinal de que você não precisa de peças novas, ou que você não gostaria de nenhuma mesmo.

Fonte: Tumblr

3 – Fácil de por, fácil de tirar

Mais um item entre os truques de moda é fazer do “fácil de por, fácil de tirar” seu mantra fashion. Dispense botões, ganchos e zíperes complicados. Camisas de colarinho são muito difíceis mesmo. Se você pode colocar e tirar uma peça em menos de três segundos , você vai usá-la mais, definitivamente. Vestidos trapézio, tecidos que esticam, entre outros, são as opções.

4 – Compre roupas que possam ser lavadas na máquina

Um dos truques de moda mais úteis e investir em peças que podem ser lavadas na máquina. Lavar a seco, ou à mão é complicado e é algo que você provavelmente vai evitar, consequentemente deixando as roupas de lado só de pensar no trabalho que você vai ter e no dinheiro que você vai gastar para deixá-las limpas.

5 – Lave tudo na água gelada

Se você lavar suas peças em água gelada e deixá-las secar em um varal, elas vão durar mais tempo e você pode evitar o trabalho de ir a lojas e procurar por peças novas.

6 – Monocromia

Se vestir toda numa cor só, além de te livrar da preocupação com o que tá combinando ou não, alonga a silhueta e te deixa mais elegante.

7 – Neutros

Permaneça em uma palheta de cores neutras para que tudo o que você tem no guarda-roupa combine. Dessa maneira, você pode se vestir com muito sono e ainda ficar bonita e elegante.

8 – Ponto de cor

Se você quiser quebrar a monocromia e ainda continuar segura da elegância, pode usar um ponto de cor para quebrar. Permita que você tenha uma cor forte como assinatura para animar os seus neutros quando você estiver afim. Pode ser um sapato, uma bolsa ou um colar colorido. Até as mais preguiçosas querem dar um up no visual de vez em quando, não é?

Fonte: E ai beleza

9 – Uniforme

Escolha uma peça neutra para ser seu uniforme de trabalho. Um simples vestido de uma só cor é a peça mais fácil do mundo e geralmente apropriada para locais de trabalho. Ele parece ser formal, mas sem ser restritivo e ainda pode ficar bom mesmo se você ganhar uns quilinhos. Um vestido reto também é fácil de combinar com qualquer acessório que você quiser.

10 – Esqueça os saltos

Para muitas é mais fácil comprar sapato do que roupa. Nem pense em usar salto alto. Sapatilhas, rasteirinhas, sandálias e até os tenis podem ser bem estilosos e elegantes. Dia, noite, trabalho ou fim de semana. Com peças básicas você pode brincar e rolar com calçados diferenciados. Aposte em cores, estampas e detalhes! Você não precisa por um stiletto para ficar bem e bonita e você também não precisa deles empoeirando dentro do seu armário. Dica importante: Tênis All Star é o coringa eterno, vai deixar você estilosa e combina com tudo.

Fonte: Beauty Rock

11 – Fita dupla face

Você que não tem tempo ou não sabe costurar e precisa agilizar a a barra daquela calça, use fita dupla face para prender a barra.

12 – Removedor de maquiagem

Quando você exagerar no perfume basta pegar um pouco de algodão e passar removedor de maquiagem (em óleo). Passe no pescoço ou outras regiões perfumadas. O óleo não vai tirar o cheiro totalmente, mas sim suavizar.

Fonte: Waufen

13 – Canudos

Você pode colocar seus colares e pulseiras em canudos para evitar que eles embaracem. Use canudos mais grossos, coloque uma corrente em cada canudo e guarde normalmente.

14 – Óleo para bebês

Se não curtiu a 3ª dica, mas tem o problema de correntes e pulseiras de metal enroscadas, você pode usar óleo para bebês nos nós. Isso ajuda a deslizar e desembaraçar sem danificar os acessórios.

15 – Coque e batom Vermelho

É impressionante o que um coque e um batom vermelho podem fazer com o seu visual. O batom vermelho chama a atenção para o rosto e coque nem precisa ficar alinhado. Aproveita a tendência do coque despenteado.

Fonte: Ultra Curioso

16 – Maxi e acessórios

Invista em acessórios, melhor ainda ser forem básicos, aqueles que combinam com tudo. Desse modo você não precisará gastar seu precioso tempo escolhendo qual vai usar todo dia, use sempre os mesmos ou troque a cada semana. Se além do coque e do batom você usar um maxi colar ou brinco, você consegue ficar com cara de fashionista. Acho que não precisamos te lembrar de não usar os acessórios grandes todos de uma vez, né?… Dica importante: Se o calçado for básico, assim como as peças de roupa, não tenha medo, abuse dos acessórios.

Fonte: Ultra Curioso

17 – Organize-se

Com todas essas dicas, a melhor ainda continua sendo organizar seu guarda-roupas. Da esquerda para direita, das peças mais escuras para as mais claras, em cabides do mesmo modelo e cor. Te JURO que você vai bater o olho no armário e saber o que quer.

18 – Combinar é um dos truques de moda mais importantes

Não há nada de errado em combinar as peças de cima com as de baixo. Além de fazer você parecer bem vestida, combinar as cores e estampas vai te poupar tempo e esforço para pensar qual cor vai com qual outra cor, estampa, forma…

  • O Básico – O óbvio precisa ser reforçado. Peças básicas levam o título de roupas práticas por não exigirem que você pense muito em combinação – “isso combina com aquilo?”. Na dúvida aposte em: CAMISETAS/CAMISAS de cores neutras, peças LISTRADAS, peças JEANS (vale tudo, shorts, jardineira, calças, saias) e LEGGINGS.
  • Peças-chave – Com looks básicos você pode brincar com peças-chave. Mas o que seria isso? São algumas peças escolhidas por você que terão o papel de deixar o look mais cool. Peguei como exemplo: jaqueta de couro, camisa/jaqueta jeans e cardigan. Mas você pode escolher outros, como um blazer, se tiver um estilo clássico, ou um colete fashion, se for mais descolada. Você que manda!

Braços e ombros

  • Lenços e écharpes– Podem ser um recurso se os seus ombros forem estreitos ou pensar que as suas formas são demasiado magras. No Inverno lembre-se de os usar sobre qualquer peça de roupa. No Verão ficarão muito bem os de tecidos transparentes quando usar decotes pronunciados que deixem a zona a descoberto.

Fonte: Onça preta

  • Tecidos encorpados– Continuando com os assuntos dos ombros e braços magros, ao fazer compras lembre-se de escolher casacos e tecidos encorpados. Os primeiros quase sempre têm chumaços e os segundos podem “encher” espaços. Fuja das peças de roupa pequenas e das camisas e blusas vaporosas.
  • A cor tem muita importância– Para parecer mais larga de ombros vista cores claras e alegres com estampados nas peças de roupa superiores. Escolha cores escuras para saías e calças.
  • Braços esbeltos– Gostaria que os seus braços fossem mais esbeltos e firmes? Não se preocupes, a solução consiste em usar manga e tecidos transparentes que insinuam, mas não revelam. Com estas peças procure usar colares e brincos bem vistosos, para desviar a atenção.
  • Ombros descaídos– Além de usar chumaços discretos, abuse dos colarinhos largos e das bandas grandes e vistosas, principalmente para ocasiões especiais. Não ponha peças com manga raglan porque fazem as costas estreitas e descaem os ombros.

Anca

  • Se são demasiado largas– Trate de atrair os olhares para a parte superior do seu corpo. Poderá consegui-lo com facilidade, usando blusas e casacos de cores vivas, decotes atrevidos e bijuteria atraente, principalmente colares e brincos.

Fonte: Tania Rubim

  • Peças muito específicas– Algumas conseguem automaticamente esconder o volume desta zona crítica: especialmente os vestidos tipo túnica, compridos e soltos, e as camisas de corte masculino, usados sempre por fora. O mesmo efeito têm os coletes que cobrem as ancas desde que confeccionados com tecidos suaves ou com aberturas laterais.
  • Também a roupa interior– Usar a adequada também ajudará a melhorar a sua figura: poderá acentuar o peito com sutiãs com armação. Quanto às cuequinhas, opte pelas de tecidos elásticos e altas até à cintura para reduzirem alguns centímetros na zona das ancas.
  • Saias: um pouco mais de liberdade– Para dissimular umas ancas demasiado largas há uma primeira regra: as saias deverão ser sempre escuras. As travadas assentarão melhor se tiverem pinças e convém usá-las sempre por cima do joelho. As largas deverão ter a roda o mais repartida possível. Será de evitar por completo os franzidos, especialmente na cintura, porque fá-la-ão parecer ainda mais magra.
  • Cuidado com as calças– Não se descuide com esta peça de roupa: procure, prove e compre apenas aquelas que lhe assentem de facto muito bem, ainda que sejam um pouco mais caras. Regra geral as calças com pinças desde que feitas de tecidos que caiam bem, poderão favorecê-la.
  • Cintos para acentuar– Aproveite a forma da cintura para destacar as suas ancas estreitas. Sem dúvida de que os cintos largos são os que melhor lhe ficam, porque assim conseguirá realçar as curvas. Quanto a formas, materiais e cores dê largas à imaginação. Usam-se, como peça-chave, os tons vivos e principalmente os de inspiração clássica.

Fonte: Mais k moda

  • Isso nunca!– Se as suas ancas forem demasiado estreitas, deverá evitar os vestidos muito largos e as calças demasiado justas; também não a favorecerão nada as malhas, a não ser que as use por fora de outras peças de roupa – blusas ou principalmente camisas.

Cintura

  • Se a tem um pouco alta– Procure peças que não marquem a cintura, como por exemplo os casacos compridos muito largos, as malhas largas e blusas pouco justas. Lembre-se dos vestidos de cintura descaída com franzidos e roda a partir das ancas e evite os casacos curtos e os cintos apertados que só acentuam.
  • Caso contrário– Se a sua cintura for descaída, o mais provável é que seja curta de pernas. Para dissimular ambos os problemas lembre-se de que são ideias para si os conjuntos formados por casaco curto e saia ou calça de cintura alta, bem como os vestidos de duas cores. As calças deverão ter pinças e ser usadas pelo tornozelo. Os sapatos: de meio salto e com a abertura pronunciada. Os decotes poderão ser direitos ou redondos mas nunca em bico.
  • Se é um pouco larga– Será melhor optar por camisas e malhas até à anca, cintos largos e peças direitas desde que tenham cortes e costuras na diagonal. Também a favorecerão os casacos largos e cintados, principalmente aqueles que levam pinças na cintura.

Decote e Pescoço

  • Uma aposta muito segura– Sabia que os grandes decotes estão na moda? Aproveite agora que são permitidos todo o tipo de atrevimentos e use e abuse da imaginação. Além disso não menospreze os vestidos com corpete, as transparências, os bordados, os laços, etc. Apenas uma regra: evite os quadrados se não for de estatura alta.
  • Se é curto– Certamente será a única a notá-lo, pois não representa nenhum problema. De qualquer modo ficam-lhe bem as golas e colarinhos simples, as cores suaves, colares compridos, mas não demasiado vistosos e os brincos finos e compridos. Evite as golas altas e as gargantilhas.
  • De um autêntico cisne?– Lembre-se de que um pescoço esbelto é a base perfeita para realçar um rosto espetacular. Por outro lado, o seu decote agradecerá sendo o suporte ideal para gargantilhas, e brincos.

Fonte: Blog camarim da moda

  • Lembre-se das costas– Regra geral nos esquecemos de as mostrar sem restrições. E essa é uma das partes do copo feminino que pode ser mais sugestiva. Neste Verão destape-as sem nenhum complexo. Uma ideia original: se não tem roupa que lhe faça as honras use o fato de banho como body. Certamente terá algum que combine com a sua roupa e que lhe fique bem.

Peito

  • Tem pouco?– Lembre-se de que, no seu caso, o mais importante será manter o peito firme. Além disso a moda proporciona-lhe muitas opções de escolha. Decida-se pelas golas largas, altas, decotes quadrados, tipo barco, tops drapeados, blusas e malhas largas e peças com bolsos nessa zona.
  • Para acabar com os complexos– A moda atual facilita-lhe a vida porque se usa a exuberância. Mas se o pretende dissimular porque lhe parece excessivo ou tem complexos, escolha formas simples, decotes em bico e pouco profundos, casacos abotoados ao centro e não ao lado, bandas compridas e estreitas. Muito importante: não se refugie em sutiãs dois tamanhos abaixo do seu porque apenas conseguirá deformar o seu peito, acabando por magoá-lo.
  • Que grande erro– Para esconder um peito grande e proeminente nunca use lenços atados ao pescoço ou xailes. O efeito seria contrário ao desejado porque, ao invés de o dissimular, apenas conseguiria destacá-lo: qualquer destes elementos decorativos chamariam a atenção e atrairiam o olhar precisamente para essa zona que tanto quer disfarçar.
  • No sítio certo– O sutiã, esse companheiro e amigo de todos os dias, é tão indispensável que é preciso ter as ideias muito claras para escolher bem. Tome nota: deverá adaptar-se como uma segunda pele, ao mesmo tempo que apoia o peito. É importante que não aperte nem comprima, mas que sustenha a base dos seios, para impedir os movimentos para baixo.
  • Que modelo escolher– Depende do seu peito e da forma que lhe queira dar. Se é grande e prefere que pareça mais pequeno arredondado escolha um sutiã com costura horizontal. Se é pequeno e bicudo opte por um modelo com costura transversal na copa para o repartir de maneira mais atraente.

Fonte: Fina e rica

  • O tecido é muito importante– O algodão puro será o melhor na maioria dos casos uma vez que não provoca alergias, mas os sutiãs sem mistura de lycra ou de outras fibras não são adequadas, se precisa de um grande apoio. Quanto aos bordados e ás sedas, os primeiros costumam segurar bem e além disso, em preto são muito sugestivos. A seda extraordinariamente suave, tem um inconveniente, é como se não usasse praticamente nada.
  • Definitivamente a forma– Com armação ou sem ela? Na verdade, os sutiãs que a têm são geralmente muito bons e adaptam-se perfeitamente a quase todos os casos, oferecendo um suporte perfeito. Além disso, dependendo do volume podem acentuar ou dissimular o peito. São principalmente indicados para mulheres que têm os seios muito juntos. De qualquer modo será melhor ter vários sutiãs, uns com armação e outros sem.

Pernas

  • Se são gordinhas– De um modo geral ficam bem as saias rodadas e de preferência compridas. Em relação às travadas, deverão ter uma abertura lateral. As meias serão obrigatoriamente escuras. Quanto às calças, escolha-as largas e de tecidos que tenham bom cair. Evite as malhas justas porque realçam qualquer defeito inestético.
  • Esbeltas e compridas– Mostre-as sem quaisquer inibições! Vista mini-saias e shorts. Seja atrevida, use calções curtos. Com sapatos desportivos sentir-se-á cómoda e em grande estilo. Só no caso de as suas pernas serem de facto demasiado magras em relação ao resto do corpo deverá dissimulá-las, evitando as meias muito escuras e os sapatos grandes.
  • Coxas gordas e pernas magras – Use saias travadas e de cor escura até ao joelho, ficam melhor de sapatos de salto alto do que a mini-saia. Pode usar qualquer género de sapato bem como saias compridas e bermudas. No entanto, as calças justas e curtas estão proibidas.

Fonte: Erika Barroso

Pés

  • Palmilhas: um bom recurso– São a solução para os problemas de altura e de comodidade, principalmente se gosta de usar sapatos baixos mas pretende aumentar um pouco a sua estatura. Algumas marcas já fabricam sapatos com as palmilhas, mas o melhor será encomendar a um sapateiro a confecção das suas para poder usar com os sapatos que já possuí. Há palmilhas desde o meio centímetro até três, embora o ideal não deva passar de um centímetro.
  • Ténis com conta, peso e medida – Os sapatos de desporto constituem uma boa opção para os que gostam de se sentir confortável, mas será conveniente que no Verão não se abuse deles devido ao facto de serem muito fechados e terem a sola de borracha, não deixando respirar os pés. Siga este conselho: calce sempre tênis de boa qualidade.